Renata Rimet

Inspiração guardada não respira, verso é vício e vice versa...

Textos


De repente

Percebeu que não fazia  parte da vida quando seus pertences eram embalados em sacos plásticos, restava a sua alma,  uma única e desoladora missão:

- Encontrar o velho corpo!

Deu-se conta que estava presente sem ser sentido, seus olhos viajavam pelo espaço em giros de trezentos e sessenta graus, desconhecia aqueles que vasculhavam o espaço e empilhava sacos, viu coisas que um dia desejou guardar, outras que nem lembrava se um dia fora importante...

Os olhos permaneceram curiosos, o corpo não foi encontrado...

 
Renata Rimet
Enviado por Renata Rimet em 24/11/2016
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras