Renata Rimet

Inspiração guardada não respira, verso é vício e vice versa...

Textos


Todo Sentido

Andou por  entre limoeiros e pessegueiros, e ainda que nada fosse visto, tocava troncos, pressionava folhagens que lhe permitia sentir o aroma do caminho percorrido. Assim tratava de guardar a imagem mental daquele período conturbado, da natureza que proporcionou momentos de profunda reflexão e realização pessoal, em que o silêncio era quebrado pelo roçar da brisa leve por entre folhas, a distribuir o olor envolvente, indutor de um caminhar aventureiro e revelador em essências, sabores e toques.  

 
Renata Rimet
Enviado por Renata Rimet em 26/01/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras