Renata Rimet

Inspiração guardada não respira, verso é vício e vice versa...

Textos


Conselho de Mãe
(Carta de Despedida)

Aproveite cada oportunidade que surgir e que seja uma possibilidade de crescer enquanto pessoa, não faça nada que você imagina poder se envergonhar um dia, antigamente diria a minhas filhas para pensarem no pai e na mãe nesses momentos e que imaginassem a reação deles ao ter ciência do ocorrido, mas antes de dar o próximo passo, depois costuma ser um pouco tarde.

No mais, fique bem, sempre, para depois arriscar fazer o bem a qualquer outro, não queira ser a palmatória do mundo, porém não seja irresponsável e negligente com os seus sentimentos, não abra mão de estar bem apenas na tentativa de ferir o outro ou de tentar chamar atenção, em geral o outro não entenderá a intenção e a dor será apenas sua.

As vezes é preciso ter coragem para admitir falhas, para reconhecer que é covarde diante de decisões importantes, e principalmente deixar de ser vítima de si mesmo e tomar as rédeas da situação, a vida é uma só, a caminhada pode ser longa, então que seja no mínimo prazerosa, nunca amarga.

É só um conselho de quem já  viveu um pouco mais e acredita que é possível ser  e fazer feliz, sem guardar mágoas e sem rancor.

Boa sorte!
 
Renata Rimet
Enviado por Renata Rimet em 24/09/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras